Normal view MARC view ISBD view

Escassos caminhos : os processos de imobilização social dos beneficiários do Rendimento Social de Inserção / Eduardo Vítor Rodrigues

Main Author: Rodrigues, Eduardo Vítor Publication: Porto : Afrontamento, 2010 Description: 315 p.Series: Biblioteca das Ciências Sociais. Sociologia, Epistemologia , 72ISBN: 978-972-36-1056-7 Another related work: Escassos caminhos : os processos de imobilização social dos beneficiários do R.M.G. em Vila Nova de Gaia Topical name: Serviço social | Política social | Estado providência | Pobreza | Exclusão social | Rendimento Social de Inserção | Portugal CDU: 364 Online Resources: Ver também original Dissertação de Mestrado List(s) this item appears in: Serviço social
Tags from this library: No tags from this library for this title. Add tag(s)
Log in to add tags.
    average rating: 0.0 (0 votes)
Item type Location Call number Status Date due Barcode Course reserves
Monografia
Biblioteca IPBeja
364/ROD (Browse shelf) Available 45759

Serviço Social Optativa I – Intervenção em Serviço Social - Pessoas Idosas 2º Ano / 1º Semestre


Índice
Agradecimentos, p. 7

Introdução, p. 9

Capítulo 1: Análise de um objecto de estudo multidimensional
1. Os discursos sobre uma temática inspiradora, p. 23
2. A pobreza e a exclusão social: abordagens conceptuais, p. 29
3. Enquadramento teórico do objecto de estudo, p. 33
4. 0(s) modelo(s) sociais europeus de Estado-Providência, p. 40
4.1. O modelo escandinavo, p. 43
4.2. O modelo anglo-saxónico, p. 44
4.3. O modelo continental, p. 46
4.4. Portugal e as especificidades do «modelo do Sul», p. 48
5. (Re)considerando uma alternativa, p. 50


Capítulo 2: Para uma leitura sociológica dos processos, p. 53
1. A abordagem das correntes teóricas clássicas, p. 53
2. A emergência das práticas políticas: de Bismarck e Beveridge, p. 64
3. O aprofundamento das práticas: o modelo keynesiano, p. 66
4. Novos problemas e desafios às políticas sociais, p. 73
4.1. A crescente hegemonia do enfoque neoliberal, p.73
4.2. O papel dos Estados e a internacionalização da economia, p. 78
4.3. As dificuldades e os (novos) desafios do Estado-Providência, p. 82


Capítulo 3: Origens e generalização das políticas de rendimento mínimo, p. 87
1. A emergência da medida, p. 87
2. As políticas de rendimento mínimo em Portugal, p. 92
3. A implementação do Rendimento Social de Inserção, p. 102


Capítulo 4: Modelo de análise e procedimentos técnico-metodológicos, p. 105
1. A organização institucional e territorial: o centro e as periferias, p. 105
2. Análise das características dos territórios da investigação, p. 109
3. Os processos de imobilização social, p. 115
4. Construção e características da amostra empírica, p. 132
5. Das componentes técnicas e metodológicas, p. 137

Capítulo 5: A compreensão dos múltiplos processos de imobilização social, p. 145
1. Introdução, p. 145
2. As competências e as relações com o emprego e com o desemprego, p. 147
3. As características físicas e de género na fragilização social, p. 174
4. Classes sociais e relações de poder, p. 178
5. As marcas dos territórios e as suas múltiplas influências, p. 182
6. As dinâmicas relacionais e as sociabilidades, p. 194
7. Dos desempenhos institucionais às relações interinstitucionais, p. 204
8. Representações sociais e processos de imobilização, p. 212
9. A pertinência das dimensões materiais, p. 231

Capítulo 6: Processos de organização social dos beneficiários, p. 243
1. Análise da tipologia de beneficiários, p. 243
2. Os factores cumulativos de imobilização social, p. 253
Conclusões, p. 271
Bibliografia, p. 289
Índice de quadros, gráficos, esquemas e mapas, p. 317

There are no comments for this item.

Log in to your account to post a comment.

Click on an image to view it in the image viewer