Vista normal Vista MARC Vista ISBD

As teorias da exclusão : para uma construção do imaginário do desvio / Martine Xiberras ; pref. Julien Freund ; trad. José Gabriel Rego

Autor: Xiberras, Martine Autor secundário: Freund, Julien
Rego, José Gabriel
Publicação: Lisboa : Instituto Piaget, 1996 Descrição: 251 p.Colecção: Epistemologia e sociedade , 41ISBN: 972-8245-74-2Nome comum: Serviço social | Exclusão social | Desigualdade social | Comportamento de risco | Teorias sociológicas CDU: 364 Lista(s) em que este item aparece: Serviço social
Etiquetas desta biblioteca: Sem etiquetas desta biblioteca para este título. Adicionar etiqueta
Iniciar sessão para acrescentar etiquetas.
    classificação média: 0.0 (0 votos)
Tipo de documento Localização Cota Estado Data de devolução Código de barras
Monografia
Biblioteca IPBeja
316.6/XIB (Ver prateleira) Disponível 45729

Tit. orig.: Les théories de l'exclusion

ÍNDICE

Prefácio, p. 7
[0] - Introdução, p. 15

1. A exaustividade da exclusão, p. 15
A opacidade do objecto, p. 20
O espaço de referência ou o espaço em jogo, p. 23
O método e a maneira, p. 26
2 Definição de exclusão; a questão dos limiares, p. 28
A acumulação das deficiências, p. 30
A ruptura, p. 32
3. Problemática da exclusão, p. 34

1 - As teorias da sociologia clássica, p. 39

1. Émile Durkheim e a «solidariedade orgânica», p. 43
A natureza do laço social, p. 44
A solidariedade mecânica, p. 44
A solidariedade orgânica, p. 45
O conceito de «consciência colectiva», p. 46
Densidade moral versus anomia, p. 48
Os quadros sociais integradores, p. 51
A influência das confissões religiosas, p. 51
Influência da sociedade doméstica, p. 53
Influência da sociedade política, p. 53
Influência da consciência colectiva, p. 54
Influência da sociedade global, p. 55
As formas elementares do consenso, p. 56
Problemas e soluções da modernidade, p. 58
Conclusão: abóbada e fecho da abóbada, p. 62
2. O estrangeiro de Georg Simmel, p. 65
Coesão social e relação humana, p. 66
As modalidades da relação com o estrangeiro, p. 69
O cosmopolitismo, p. 72
Conclusão: os princípios da integração, p. 74
3. Max Weber e a compreensão, p. 76
O laço social vertical, p. 77
Os diferentes tipos de legitimidade, p. 78
O «espírito» do capitalismo, p. 81
4. Conclusão: a exclusão por defeito, p. 85
A coesão social tradicional, p. 85
As lacunas da modernidade, p. 86
Comunidade ou sociedade, p. 88
Comunidade e sociedade, p. 89

2 - As teorias da sociologia do desvio, p. 93

1. A Escola de Chicago ou a teoria da ecologia humana, p. 97
A ecologia humana, p. 98
A metáfora ecológica, p. 99
A cidade está submetida a «processos naturais», p. 100
A comunidade natural, p. 103
Duas modalidades de relações sociais, p. 106
A teoria ecológica face aos problemas sociais, p. 109
Conclusão: uma causalidade dos problemas sociais, p. 111
Características das soluções propostas, p. 112
2. 0 interaccionismo simbólico, p. 114
Um quadro teórico inovador, p. 115
Uma mesma abordagem metodológica, p. 116
O que é um outsider?, p. 118
Uma nova concepção de desvio, p. 118
Um método tradicional, p. 119
Os autores da norma, p. 120
O mundo do desvio, p. 122
O mundo da droga, p. 127
A carreira do fumador ou «como se tomar fumador de marijuana», p. 128
Actividades e valores: o abastecimento ou o acesso às redes ilícitas, p. 131
O mundo da música, p. 133
Uma hierarquia informal, p. 134
Fazer carreira no desvio, p. 135
O duplo ponto de vista do estigma, p. 137
Morfologia dos mundos alternativos, p. 139
Encontros mistos, p. 141
Conclusão: a exclusão, semelhanças e diferenças, p. 143
3. Anomia, desvio e marginalidade, p. 144
O desvio é esquadrinhado, p. 145
A marginalidade torna-se invisível, p. 147
A anomia circula, p. 150
Conclusão: a exclusão por excesso, excesso prático e teórico, p. 156
As «novas» formas de solidariedade, p. 158

3 - As teorias da sociologia contemporânea, p. 161

1. A problemática dos modernos, p. 165
A força do laço social ou a questão da solidariedade, p. 166
O poder das representações colectivas, p. 167
Um laço de causalidade entre morfologia social e consciência colectiva, p. 168
Uma teoria dos grupos latentes, p. 171
Primeira condição, primeira etapa: a fundação, p. 172
Segunda condição, primeira etapa: a fundação e a manutenção, p. 172
Primeira condição, segunda etapa: a fundação e a manutenção, p. 172
Segunda condição, segunda etapa: a manutenção, p. 174
Resumo das etapas, p. 175
Conclusão: ponto de vista sobre a exclusão, p. 176
2. Os teóricos da pós-modernidade, p. 177
Um sincretismo de facto, p. 178
Dos Tempos Modernos à hora da pós-modernidade, p. 182
O fim dos Tempos Modernos, p. 183
Da confusão à fusão, p. 184
Do caos à renascença, p. 186
A metáfora musical, p. 189
O «Metaponto» de vista em ciências humanas, p. 191
Conclusão: um «Metaponto» de apoio para a análise dos problemas, p. 195
3. A sociologia dos movimentos sociais, p. 196
O movimento social, p. 198
O método, p. 201
Uma concepção da sociedade, p. 202
Os sujeitos sociais, p. 202
As novas relações de classe, p. 203

4 - Modelização e aplicação, p. 207

1. Conceitos-chave e hipóteses fundadoras, p. 209
A composição orgânica do laço social, p. 209
A coesão do laço social, p. 210
Os níveis para gerir a consciência colectiva, p. 213
A decomposição ecológica do laço social, p. 214
A recomposição natural do laço social, p. 215
Os dois olhares necessários à solidariedade orgânica, p. 216
A composição do laço social a um «meta nível» ou a metáfora musical, p. 218
A recomposição do laço social, p. 221
A pesquisa dos fundamentos da solidariedade orgânica, p. 223
2 Síntese e modelização, p. 225
3. Aplicação: drogas, entre morte e sociabilidade, p. 229
A toxicidade das imagens, p. 230
A toxicidade dos produtos, p. 231
Ruptura e recomposição do laço social, p. 234

Conclusão. Para um esboço da coesão social, p. 237
Bibliografia, p. 245

Não há comentários disponíveis sobre este título.

Entre na sua conta para publicar um comentário.

Clique numa imagem para vê-la no visualizador de imagens