Normal view MARC view ISBD view

Manual de ventilação mecânica no adulto : abordagem ao doente crítico / coord. Paulo Marcelino ; Susan Marum... [et al.]

Coauthor: Marum, Susana Secondary Author: Marcelino, Paulo Publication: Loures : Lusociência, 2009 Description: 256 p. : il.ISBN: 978-972-8930-42-4Topical name: Anátomo-fisiologia do pulmão | Suporte ventilatório | Modalidades ventilatórias | Ventilação mecânica CDU: 616.2
Tags from this library: No tags from this library for this title. Add tag(s)
Log in to add tags.
    average rating: 0.0 (0 votes)

Índice
ANATOMO-FISIOLOGIA DO PULMÃO
Introdução, p. 13
Anátomo-fisiologia, p. 13
Ventilação, p. 16
Compliance pulmonar, p. 18
Volumes e capacidades pulmonares, p. 19
Perfusão, p. 20
Difusão, p. 21
HISTÓRIA DO SUPORTE VENTILATÓRIO
Introdução, p. 23
Notas históricas, p. 23
Equipamentos para suporte ventilatório, p. 25
Unidades de assistência respiratória, p. 32
ABORDAGEM DA VIA AÉREA EM AMBIENTE DE UCI
Introdução, p. 35
Necessidade de abordagem da via aérea, p. 35
Anatomia básica, p. 37
Antecipação de complicações, p. 38
O doente, p. 38
Verificar o material, p. 39
A intubação, p. 40
Posicionamento do doente, p. 40
Monitorização, p. 42
Fármacos, p. 42
Pré-oxigenação, p. 43
Laringoscopia, p. 44
Introdução do tubo oro-traqueal (TOT), p. 46
Verificação e fixação do tubo oro-traqueal (TOT), p. 48
"Não consigo intubar". Erros comuns, p. 49
Situações particulares,p.50
Complicações mais frequentes, p. 51
"Não consigo intubar, não consigo ventilar". A via aérea difícil: métodos alternativos de permeabilização da via aérea, p. 53
AS MODALIDADES VENTILATÓRIAS. PRINCÍPIOS E TERMINOLOGIA
Introdução,p.57
Respiração,p.57
Volumes pulmonares, p. 59
Volume corrente, p. 59
Volume de reserva inspiratória, p. 59
Volume de reserva expiratória, p. 59
Volume residual, p. 59
Volume minuto expiratório, p. 59
Capacidades pulmonares, p. 60
Capacidade inspiratória, p. 60
Capacidade vital, p. 60
Capacidade residual funcional, p. 60
Capacidade pulmonar total, p. 60
Factores mecânicos da ventilação e compliance respiratória, p. 60
Ventilação mecânica, p. 64
Princípios da ventilação mecânica, p. 64
Modos de ventilação mecânica, p. 66
Modalidades ventilatórias, p. 67
Parâmetros ventilatórios, p. 68
Modalidades ventilatórias controladas, p. 69
Modalidades ventilatórias assistidas, p. 73
Ventilação espontânea, p. 75
Modalidades combinadas, p. 76
Automode, p. 78
Ventilação de reserva, p. 79
Complicações, p. 79
Outras modalidades, p. 81
Modalidades associadas ao desmame ventilatório, p. 81
Tipos de desmame ventilatório, p. 82
Tubo em T, p. 82
Pressão positiva contínua das vias aéreas (CPAP), p. 82
Ventilação mandatória intermitente sincronizada, p. 82
Suporte de pressão ou ajuda inspiratória, p. 83
Alarmes, p. 83
INTERPRETAÇÃO DA GASIMETRIA ARTERIAL E ALTERAÇÕES DO EQUILÍBRIO ÁCIDO-BASE
Introdução, p. 87
Conceitos básicos, p. 88
Classificação das alterações, p. 92
Alterações simples, p. 93
Acidose metabólica, p. 93
Alcalose metabólica, p. 94
Acidose respiratória, p. 95
Alcalose respiratória, p. 95
Alterações mistas, p. 96
Duplas, p. 96
Triplas, p. 99
A abordagem simplificada de Fencl-Stewart, p. 100
ABORDAGEM CLÍNICA DA VENTILAÇÃO MECÂNICA
Introdução, p. 105
Início do suporte ventilatório, p. 105
Objectivos do suporte ventilatório, p. 107
Revisão da fisiologia respiratória aplicada à ventilação mecânica, p. 108
Oxigenação. Hipoxémia - princípios fisiopatológicoslOS Ventilação - princípios fisiopatológicos, p. 112
A perspectiva dos objectivos de ventilação, p. 112
Avaliação do trabalho respiratório, p. 112
PEEP intrínseco e ar residual, p. 115
Compliance respiratória, p. 120
Instituir a modalidade ventilatória, p. 121
Escolher a modalidade ventilatória, p. 122
Escolha da pressão final expiratória, p. 126
Desmame ventilatório, p. 129
O aparelho cardiovascular e o desmame ventilatório, p. 134
Aspectos clínicos particulares da ventilação mecânica, p. 137
Ventilação do doente com doença pulmonar obstrutiva crónica, p. 137
Ventilação do doente com asma, p. 140
Ventilação do doente com síndrome de dificuldade respiratória do adulto, p. 141
Monitorização do doente ventilado, p. 149
Aspectos da sedação no doente ventilado, p. 150
Causas de dessincronização doente-ventilador, p. 50
Avaliação do doente, p. 152
Fármacos analgésicos, sedativos e curarizantes, p. 155
Guia prático de terapêutica farmacológica, p. 158
ENFERMAGEM DE REABILITAÇÃO NO DOENTE RESPIRATÓRIO
Introdução, p. 163
Componentes da ventilação mecânica, p. 164
Inconvenientes da imobilidade física a nível respiratório, p. 165
Procedimentos básicos em reeducação funcional respiratória, p. 168
Ensino da posição correcta, p. 168
Posições de descanso e relaxamento, p. 169
Procedimentos respiratórios/indução de inspirações profundas, p. 171
Hidratação versus humidificação das secreções brônquicas, p. 172
Drenagem postural de secreções brônquicas, p. 173
Tosse dirigida e tosse assistida, p. 178
Reeducação respiratória e fortalecimento muscular global. Exercícios electivos e globais, p. 179
Exercícios simples de cinesiterapia respiratória em patologias respiratórias, p. 184
Atelectasias, p. 184
Derrame pleural, p. 185
Pneumotórax, p. 187
Doente submetido a cirurgia, p. 187
TRAQUEOSTOMIA NO DOENTE VENTILADO
Introdução, p. 191
Contexto histórico, p. 191
Técnicas de traqueostomia, p. 194
Doente, p. 194
Material e técnicas, p. 195
Pessoal técnico, p. 196
Traqueostomia percutânea - o procedimento, p. 196
Traqueostomia percutânea versus traqueostomia cirúrgica, p. 202
Contra-indicações da traqueostomia percutânea, p. 202
Descanulação programada, p. 203
BRONCOFIBROSCOPIA NA UNIDADE DE CUIDADOS INTENSIVOS
Introdução, p. 205
Considerações gerais, p. 205
Constituição do broncofibroscópio, p. 207
Broncofibroscopia na UCI, p. 210
Efeitos da broncofibroscopia na mecânica ventilatória, p. 210
Indicações para broncofibroscopia na UCI, p. 211
Complicações da broncofibroscopia na UCI, p. 212
Manuseamento e manutenção do broncofibroscópio, p. 213 Preparação e verificação, p. 213
Verificação do mecanismo de retroflexão, p. 214
Preparar, verificar e ligar os acessórios, p. 214
Verificação do sistema endoscópico, p. 215
Verificação da imagem, p. 215
Verificação da função de aspiração, p. 215
Verificação do sistema de água, p. 215
Preparação da mesa para broncofibroscopia, p. 215
Como segurar e manusear o fibroscópio, p. 216
Introdução do endoscópio, p. 216
Introdução e aspiração de líquidos, p. 216
Introdução de acessórios do endoscópio, p. 217
Remoção dos acessórios do endoscópio, p. 217
Lavagem alvéola, p. 217
Lavagem alveolar utilizando uma seringa, p. 218
Remoção do endoscópio, p. 218
Limpeza, lavagem e esterilização, p. 218
Acessórios necessários para limpeza, p. 218
Escova de limpeza de canos, p.219
Escova de limpeza para abertura de canal, p. 219
Pré lavagem, p. 219
Limpeza manual, p. 220
Acessórios necessários, p. 220
Limpeza das superfícies exteriores, p. 220
Limpeza de canais, p. 220
Desinfecção, p. 222
Desinfecção do canal de trabalho, p. 222
Lavagem após a desinfecção, p. 223
Esterilização com gás de óxido de etileno (OET), p. 223
Armazenagem, p. 223
PNEUMONIA ASSOCIADA AO VENTILADOR
Introdução, p. 225
Etiologia e factores de risco, p. 226
Diagnóstico, p. 227
Tratamento, p. 228
Prevenção, p. 230
Redução do risco de aspiração, p. 231
Interrupção da transmissão cruzada, p. 231
Recomendações para reduzir o risco e disseminação das PAV, p. 232
disseminação das PAV, p. 232
Recomendações para aspiração de secreções endotraqueais, p. 233
VENTILAÇÃO NÃO INVASIVA
Introdução, p. 239
Componentes da ventilação não invasiva, p. 240
Ventilador, p. 240
Interfaces, p. 241
Adaptação do doente à ventilação não invasiva, p. 243
Aplicação clínica da ventilação não invasiva, p. 243
Insuficiência respiratória crónica agudizada, p. 245
Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica, p. 245
Insuficiência cardíaca, p. 246
Pneumonia em doentes imunocomprometidos, p. 247
Asma, p. 248
Desmame ventilatório, p. 248
Insuficiência respiratória sem obstrução da via aérea, p. 248
Apneia do sono, p. 249
Doenças neuromusculares, p. 250

There are no comments for this item.

Log in to your account to post a comment.

Click on an image to view it in the image viewer